Ah, você é besta demais!

10 Feb

Assim como eu, milhares de pessoas ainda não entendem como tem zé-povinho com a pachorra de falar TANTO ao celular. E isso com tarifas altíssimas para os padrões inigualáveis de transmissão e prestação de serviço das operadoras.
Enfim, além desse PEQUENO detalhe, o que também é incompreensível é o teor de muitas dessas ‘trocas de palavras’.
Hoje, infelizmente esqueci meu mecanismo de isolamento do mundo e entretenimento de qualidade. Logo, tive que lidar com o bizarro diálogo o qual tento reproduzir com relativa qualidade abaixo:

– Ah, você é besta demais, Cleiton!

– (…) Cleiton diz qualquer coisa

– Ah, mas não tem como você passar aqui depois do serviço, pra gente conversar um pouquinho?

– (…) Cleiton diz qualquer coisa mas é interrompido por mais um:

– Ah, você é besta demais, Cleiton!

– (…) Cleiton disse nada, tanto que:

– Ah, fala alguma coisa. Meu pai disse que você deveria namorar comigo, entendeu?

– (…) Cleiton diz algo sobre namorada

– Ah, eu sei. Mas você passa lá que te conto mais disso e do que conversei com a tia.

– (…) Cleiton fala qualquer coisa

– Ah, você é besta demais, Cleiton!

IMORAL da história: besta demais acabou sendo este post, replicado por uma besta cybernética, do original apresentado por uma besta das mais baixas classes psicossociais da vida real. E de besta, no sentido não-literal, de burro, o Cleiton tem nada!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: