Favor, não reproduzam tá?

14 Mar

Ah, ia me esquecendo que completou dois anos do caso da menina pestinha Isabella Nardoni.

Pô, puta assunto ridículo e nada chocante, até pq depois e – beeem antes dela, trocentas crianças foram jogadas no lixo, em lagoas, córregos e até mesmo de prédios e NADA foi comentado com tanta aflição.

Agora, pra não dizer que falei das flores, tão martelando nas duas mulheres que largaram a prole em Jundiaí pra aumentar a creche no forró.
Só queria saber quando que a imprensa vai deixar esse puritanismo FDP e bater forte – no intuito de erradicar a multiplicação dos pobres, principalmente – nesses desnaturados que só sabem colocar crianças que vão crescer (ou não, muito raramente) na base do ‘venha nós ao vosso reino’.

Ok, sou favorável ao aborto.

Mas sou favorável, sobretudo, ao bom senso na hora de abrir as pernas. Independentemente da classe social.

Pense na sua carteira vazia, na falta de mistura, na falta de vergonha ou simplesmente no remorso, ou nas gordurinhas que terá de queimar com mais 2 horas diárias de academia. Se estapeie, se bobear, seja egoísta…até pq isso não amarra seu macho, muito menos garante seu ganha pão (ainda que ele seja o Bolsa Família ou Auxilio Gas).

Sábio Machado de Assis, que ao encerrar Memórias Póstumas de Brás Cubas diz: “Não tive filhos, não transmiti a nenhuma criatura o legado da nossa miséria.”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: