Tentativa Frustante de Assalto

30 Apr

Estava eu, caminhando feliz after-tramps, por uma rua não muito agradável, admito, quando sinto que estou sendo seguida. Logo, apertei o passo, fiz a distraída e atravessei a rua no meio dos carros mesmo. Nisso, me gruda um filho de uma quenga em mim, pra não dizer outra coisa, e gentilmente fala “aí MINA, isso é um assalto. passa o celular que eu tô armado” – naquele tom de quem quer apavorar geraaaaal, sabe? Todo trabalhado no desespero.
Eu imediatamente olhei a pseudo-arma pseudo-escondida na blusa do santíssimo, e falei “O quê? Você quer o MEU celular????”; ele continuou insistindo…querendo ser mau. Continuei fazendo a Velha Surda e saí correndo. Enquanto isso, lá estava o “marginal”, que de marginal não tinha NADA, com cara de pastel. Pior, ele estava acompanhado por um amigo, que desempenhou o papel de planta. Porra, era mais fácil EU ter assaltado esse desgraçado. Ele tava com uma puta mochila, boné, tênis, roupa digna, sabe…”Passa aí que eu tô armada, mino!”. Seu P no C, espero que você MORRA vacilando desse jeito, tentando assaltar alguém pra comprar sua droguinha do fim de noite. Eu trabalho. Faça isso!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: