mirabolantes teses sobre a lei da atração

8 Jul

espero qu’eu não seja a única pessoa que tenha constatado:

– meninas bonitas, leia-se: de pele clara, cabelos lisos e traços finos são, em sua maioria – dentro dum relacionamento, geralmente com meninos bonitos (ae o leque é variado pois a beleza a partir dum cara pode ser subjetiva) e frágeis: cheias de frescura, frígidas, compulsivas por fotos no instagram e desprezarem – a ponto de bater a cabeça no poste (sim, aconteceu com uma que me mediu dos pés à cabeça do outro lado da augusta) – àquelas que não estão enquadradas em seu ‘perfil’.

UFA. peguei nojinho, mas registro aqui a minha absurda (?) tese.

4 Responses to “mirabolantes teses sobre a lei da atração”

  1. Lucas July 9, 2011 at 6:16 PM #

    De fato essa tese há muito já é pesquisada, inclusive por mim; classifico o gênero feminino participante dessa lei pelo sigma “Belas Artes”- nome figurativo que tem por função agregar as características acima descritas (muito bem por sinal) a esse participante ativo que influencia imensuravelmente o mecanismo da lei como um todo.

    Gostaria de acrescentar que as reações causadas pela lei da atração sofrem alterações quando os participantes ingerem quantidades elevadas de álcool, nesse caso, os parâmetros de beleza, ética e seletividade decaem consideravelmente, ao ponto de ninguém saber quem é mais quem.

    Em todo caso, especialistas recomendam seguir outra lei vigente contrastante à essa – a lei da abstinência – que é fatal e gera vários efeitos colaterais, um deles é a loucura., mas em terra de cego, quem tem um olho..

    é caolho.

    • calabria July 9, 2011 at 11:36 PM #

      puxa, puxa.
      alguém afim de compartilhar da tese comigue. fico honrada em ver que se empenha à essa busca – aparentemente, intangível pela resposta d’essa questão restrita ao circuito ‘alt rock’ paulistano. qta honra, meu caro.

      sobre o conteúdo apresentado, discordarei de dois pontos:
      1.dentro dessa situação: lucas só encontraria marília se estivesse extremamente bêbado…
      2. lucas pode muito bem não se tornar abstêmio, haja vista que existe 731252438434389546 meninas brancas, de cabelo bom, que gostam de esquisitices e fazem trabalhos relacionados a arte dentro – ou até mesmo fora do circuito alt rock paulistano e que poderiam correspondeer a esse fascículo raro de garoto apaixonado.

      • Lucas July 10, 2011 at 9:19 PM #

        discordarei dos seus dois pontos e acrescentarei mais dois!

        . .

        obrigado,

        Lucas.

      • calabria July 10, 2011 at 11:23 PM #

        discordo dos seus dois pontos com outros três!

        eu que agradeço.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: